domingo, março 30, 2008

NOT WHAT YOU WANTED


  • Rob Fleming, do Alta Fidelidade, pode ser um personagem cada vez mais ultrapassado em seu apego por hábitos antiquados, mas as suas fitinhas, que cada um de nós, com mais de 25 anos, já fez pra alguém, sobrevivem no mundo digital. A novidade do momento, pelo menos até semana que vem, é o Muxtape, um site que te permite fazer uploads de 12 músicas para compor uma mixtape, armazenada com interface bem prosaica em uma página com o nick que você escolher, para ofertar a quem quiser. Testei, funciona, desde o registro simples até o upload completo, a 512 kbps, leva mais ou menos meia hora. Não sei se por ainda ser relativamente novo e não-saturado, para se ouvir as músicas demora bem pouco como streaming, melhor até que o meu player do Fabrik do post anterior. O único senão é que deveriam fazer constar do produto final a imagem da fita-cassete que aparece no momento em que você sobe cada música. Pra que vocês testem e comecem a brincar, fiz uma seleção das melhores músicas que não saíram como singles dos 3 melhores álbuns do Black Rebel Motorcycle Club, que terei a oportunidade de conferir duas vezes ao vivo em Buenos Aires no próximo finde. Aqui.
  • Colocando os itálicos, percebi como num texto simples de poucos caracteres pode haver tantas palavras em inglês. Maldita globalização.


  • Gosta de toy art? Agora que está popularizando então, que tal fazer a sua? O site Paper Critters permite que você desenhe, coloque imagens e outras funções, para imprimir, recortar e colar depois. Ótima terapia e super-divertido.



  • E o recorta-e-cola não se resume à internet. A Puma fez uma parceria com os W Hotels em que, ao se hospedar em algum deles, você tem à disposição o serviço Mongolian Shoe BBQ. Só chamar a recepção e em pouco tempo alguém bate à sua porta com um kit de customização de tênis, em que você escolhe diversos ingredientes (materiais pré-cortados) e cores para montar o seu tênis Puma na hora. Tudo por apenas 100 doletas. E você acha que isso só é divertido para quem se hospeda? Dá um pulo aqui então e passe um bom tempo montando o seu tênis, à maneira de um legítimo restaurante oriental.
  • Todo mundo aqui, em algum momento, especialmente no calor senegalês do verão carioca, já experimentou algum momento constrangedor com pizzas de suor debaixo do braço. Normal, inevitável e altamente lamentável. Pois uma empresa americana criou adesivos de algodão que impedem as manchas: Garment Guard. Eles chegam a ter página no MySpace com o Taco Hall Of Shame, onde fotos com pessoas e seus "tacos" debaixo do braço são mostradas, além da óbvia propaganda. Acha que isso é forçar a barra? O mais novo produto deles chama-se Subtle Butt e é um adesivo íntimo que filtra peidos. Isso mesmo. E ainda tem esse vídeo constrangedor de propaganda:

  • Gosta de cinema e metal? Então compre uma camiseta no site CineFile Video, onde nomes de diretores são escritos com logos de bandas de metal famosas, como Von Trier/Van Halen, Herzog/Danzig e Scorsese/Scorpions.
  • Até quarta, antes de viajar, eu posto a playlist da semana.

terça-feira, março 25, 2008

THE END IS THE BEGINNING IS THE END - PLAYLIST I

Como esta é minha primeira Playlist (e postagem) do ano, vou começar com coisas novas que acabei de baixar e outras que vêm tocando constantemente nos meus players há algum tempo:

Boy Kill Boy - "Rosie's On Fire" - Minha preferida do segundo álbum da subestimada banda inglesa, "Stars And The Sea". Continua melodiosa e intensa como em seu début, embora soe meio repetitiva. Merece uma segunda escutada, ainda mais se você gostar de Maximo Park.

Does It Offend You, Yeah? - "Let's Make Out" - A cidade de Reading é mais conhecida por sediar um dos mais famosos festivais de música pop do mundo (e ao qual comparecerei pela quarta vez em agosto próximo), mas de vez em quando produz alguns artistas, como o ótimo e já finado The Cooper Temple Clause, Morning Runner e clássicos como Mike Oldfield e Slowdive. Nova tentativa com o DIOYY, que bebe na fonte do Daft Punk e se junta a Justice e Alter Ego, entre outros, na mistura de eletro com elementos do rock. Mas chega de clichês. Pode ouvir o álbum inteiro, é garantia de remelexo.

Grande Ole Party - "Look Out, Young Son" - Comparados ao Yeah Yeah Yeahs pelos vocais karen-o-zísticos da baterista/vocalista Kristin Gundred, a banda de San Diego está mais para o blues-power dos White Stripes. Melhor, claro. E com o álbum produzido pelo Blake Sennet, do Rilo Kiley.

Big Boi - "Royal Flush (Feat. Andre 3000 & Raekwon)" - Pra não dizer que eu não falei de hip-hop, este novo e ridiculous (pra usar gíria nova) single do Outkast (tá, é um deles só, mas tem o outro ali ao lado) com participação do Raekwon (Wu-Tang Clan), é a melhor coisa do gênero a sair nas últimas semanas, junto com o Atmosphere novo.

Panic At The Disco - "Nine In The Afternoon" - A banda não perdeu apenas a exclamação no nome, mas também deixou pra trás tudo o que conhecia como influências emo e parece ter batido a cabeça e acordado em 1967 ao som de Sgt. Peppers'..., dos Beatles. Isso mesmo. Esqueça tudo o que você já ouviu (de ruim) sobre eles, perca seus preconceitos e escute o álbum "Pretty. Odd." do início ao fim. Pode começar com esta. A maior surpresa de 2008 até agora.

R.E.M. - "Supernatural Superserious" - Eu tinha desistido deles depois de "Automatic For The People", apesar de ter adorado o show do Rock In Rio 2001. Mas parece que Michael Stipe e cia. conseguiram fazer com o novo "Accelerate" o que tentaram (sem sucesso) em "Monster". Guitarras sujas, ecos de The Who e Hüsker Dü e o melhor que o produtor Jacknife Lee (Kasabian, Bloc Party) pôde fazer para reavivar o som então murcho.

B-52's - "Pump" - "Funplex" já saiu há algum tempo, demonstrando que os titios não perderam o pique pra diversão, ganhando até um remix esperto do normalmente-lixo CSS. O álbum de mesmo nome acabou de vazar e corre no mesmo ritmo. Aqui, a canção de abertura da festa.

The Duke Spirit - "The Step And The Walk" - Eu sempre fico de quatro por estas bandas que transitam entre o college dos 90 e o blues, principalmente com vocais suaves de lindas frontwomen. Assim é o Duke Spirit, que tive o prazer de conferir ao vivo no Reading 2004 e que volta com mais um ótimo álbum, "Neptune".

These New Puritans - "Elvis" - Música mais incendiária a tocar nas pistas de rock do RJ atualmente, sobrando pouco mais de interessante no álbum de estréia destes seguidores do The Fall. Muita pretensão para pouca música. Mas ouça também a batida à la Asian Dub Foundation de "Swords Of Truth".

We Are Scientists - "Chick Lit" - Chick Lit é a literatura feminina para mulheres independentes de 20 ou 30 e poucos anos, que ficou famosa com Bridget Jones e Sex And The City. Denomina também a melhor música de "Brain Thrust Mastery", novo e muito bom álbum do WAS (agora um duo, já que o batera Tapper caiu fora), mostrando que o melhor vem no final. Climão de tema oitentista de filme de 007, tipo "The Living Daylights" ou "A View To A Kill", é hit instantâneo de pista.

Pode ouvir tudo aqui embaixo:


Powered by www.myfabrik.com
Site  Meter Clicky Web Analytics